terça-feira, 28 de julho de 2015

O cisne negro


LUA



                       A LUA UM SATÉLITE

ME VEJO OLHANDO A LUA, O SATÉLITE,
QUE SONHOS ACALENTOU NO PASSADO,
HOJE EM RIMA DO POETA ILHADO,
TE FIGURA NUA NA CIÊNCIA.

TEU CLARÃO ILUMINADO PELO SOL
JÁ NÃO É MAIS MAGIA OU FAROL,
DE AMÔRES QUE FORAM CALADOS,
O ROMANTISMO TE DEIXOU DE LADO.

QUEM SABE O AMOR TENHA ESFRIADO,
OU SE AFASTOU DOS ENAMORADOS,
PELA FRIEZA DESTE NOSSO SÉCULO!

MAIS CONTINUAS FIEL A OFERTAR,
NA MAGIA DAS NOITES DE LUAR,
EM FAZER CORAÇÕES APAIXONADOS.

Alma Gort


Meu sonho azul



segunda-feira, 27 de julho de 2015

Fiel e verdadeiro



O fiel e verdadeiro


 Grita a alma assim dentro do peito 
numa dor qual de quem se morre
 um soluço qual ninguém socorre
rasgando em emoção desfeito
 arqueja o amor dentro do peito

 Olho então cansado o caminho
 vejo em tudo o vago da existência
 O homem teima na inconsciência 
sem saber onde buscar seu ninho
 sendo este ninho sua consciência 

Pergunto ao pensamento agora 
onde esta o Deus que eu procuro
 se vejo nesta hora um céu escuro 
em tristeza os meus olhos choram 
Vejo um mundo insensato e obscuro

 Quem sou se o pecado me domina
 se me sinto sozinho há algo errado
 gente indiferente vejo em todo lado
 estranho mundo que jamais termina
 mundo em que me sinto abandonado

 Acima de mim os corpos celestes
 estrelas, lua,céu e suas alianças
 na terra, rios e mares de esperança 
a vida em réstia abaixo do cipreste
 e o puro coração de uma criança

 Procuro ler na Biblia algo mais 
talvez palavras em discernimento 
busco algo mais em meu momento 
diante do presente que me insatifaz
 medito numa prece em sentimento

 Penso na Cruz e na promessa pura
 de Jesus Cristo que por amor se deu
 no Criador do mundo aqui se ofereceu
numa história que de amor perdura
ergo os olhos ao céu numa procura

 Penso no poder de Deus e sua jura
meu ser espiritual procura a paz
e contínuo medito ainda mais
 implorando a Jesus a minha cura
numa fé em sua promessa eficaz

 Então a milicia já me é imposta
 recebo unção inexplicável e fiel
como em vida fosse arguida ao céu 
onde a minha oração tem a resposta
 Meu Salvador O Santo de Israel

 Em resposta brota da límpida fonte
 Ele enxuga as lágrimas expulsa dor
 liberta o pensar e pelo seu amor
 livre sou mais que livre num instante
 da carga de prisão e amargor 

Posso firmar meu passos sem talvez
 vejo o farol que guia a nau cansada
 na vida e nas curvas dessa estrada
conseguirei estou de pé estou curada
 Eu alcançei Jesus mas uma vêz.

Alma Gort
 
religião


67c84dab6e2e (10x10, 1Kb)

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Elemento Agua



3166706_0_8b176_7a2cfb89_L (500x304, 96Kb) / 3166706_0_bc8e6_bb680d6d_S (150x26, 12Kb)

O elemento agua


Água o planeta e tua casa,

Vens fluindo perenes fontes,

Das entranhas brotas em fartura

Vales que descem nas serras


Água que vestes a cor do mar,

Teu sagrado seio H20 sem par

Na  frescura das tuas cachoeiras

Gotas douradas em trincheiras


Trazendo do céu em chuvas

Cristais  de mágicos esplendor

Neve d´água gelo de seus picos

Descem rios sinuosos eucarísticos


Tens o azul do céu,cores do ar

Verde em nuances com marejar

E na pureza a terra a se ofertar

Mananciais para sedes saciar


Tatuas a terra e serpenteias,

Enches de flores as margens

Lindas lores se faz paisagens

Quedas d´água margens e areia


Regas os jardins da existência

As plantações da serra e lagoas

As florestas num canto entoas

És a vida da terra e sua essência


Água do mar sonhos molhados

H2O  fluindo em todo lado

És da terra rainha o mestrado

Belezas que formas pelos lados


O nosso planeta vida não teria

O  ser humano jamais existiria

A cadeia fantástica da energia

Em som musical de alegria


Água dos olhos em consolo

Líquido  do prazer sem dolo

Es a química precisa do viver

que brotas dos olhos da terra


Nesta rima do ouco que encerra

És presente do planeta esfera

Gerando gelo dos dos pico e polos

És o vigor e a vida nos solos.


O elemento precioso e distinto

misto vivo em mistura ativo.


ÀGUA.


3166706_t44ext (73x15, 1Kb) / 3166706_07L (38x39, 1Kb)


0_dcaca_e0a38809_L.gif




4c6866a5ace81fe519cfddbb0225d5f3.gif



image_56140813065113842995.gif

138192562332909.gif

0_bc70b_a0f76999_XL.gif



0_c4007_5c1b0b84_orig.gif

0_d8f63_9075d42f_L.gif

0_7f5de_7c0b6821_XL.gif

1383546740_1382196916_0_8d334_e4828063_xl.gif

1-11.gif

0_d94f1_42ecf052_L.gif

0_981cf_d0a2b53a_L.gif

segunda-feira, 20 de julho de 2015

LAGO DOS CISNES COMPLETO


Horas perdidas



Birch (700x463, 750KB)
 

 Horas perdidas

Que restam das horas perdidas
Não voltam passos de volta ao retro  
Se os sentimentos sao rápidos inquietos
Sobram ânsia das suas despedidas.

 Vultos que delongam em lembranças
Gastas e desfeitas em quase nada
Pedra e areia no percurso da estrada
Afogadas nas lágrimas da distância


 Quanto ao mais se vão os seus dias
 Vida de vidas gastas sonhos euforias 
Inconformados elos e seus andamentos

Na luz fugidia da incansável espera
 Sorrateiramente idos em tais quimeras
 Saudosamente se desfazem em momentos.

Alma  Gort



115983607_large_1 (650x440, 75KB)

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Apaixonados




 

 Apaixonados

 Enlevo de sentimento audaz e lindo
 Sem podermos resistir no desatino
De nosso íntimo d’alma já perdidos
 Em encantamento e desejo incontido

E quando me olhas em tais instantes
Coração batendo compasso de amante
 Eu que resistia num medo intrigante
 Me entrego sem força o bastante

 Quando minhas mãos nas tuas mãos
Ouço tua voz aquecida em emoção
 Química apaixonada de nosso sentido

 Gestos de algo indefinível e carícias
 Sinfonia do sentimento que em delicias
 Entregues ao prazer de nosso corpos.

 Alma Gort 

 

Poesia dedicada aos apaixonados
Felicidade para todos.

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Cismas de um coração



 



Cismas de um coração


 Dizem que o coração é vasto mundo
 ela dentro surgem nossas intenções
vividas ou não em enredos e paixões
guardadas então em seu profundo

 Seus sentidos se fazem mistérios
laços paixões perdas sem diretrizes
 emoções vividas lembranças felizes
então entrelaçadas em seus anelos

 Há nele uma tal razão incompleta
 lamento de alguma ausência secreta
d’um certo erro então distante...

 Sem ter escolha vive de saudade
vive a amar seja em qualquer idade.
É que o coração tem a alma de amante!

Alma Gort 


quarta-feira, 15 de julho de 2015

Doendo



Você


"Eu estava encantado, quando você amava 
e me fazia sentir bem! 
minha alma ao sonho se embalava 
difícil arrancar a lembrança,não é fácil ... 
faço erros e eu estava com medo, 
e você poderia ser ilusão apenas isso, 
e quem eu queria ver e estar, 
mas não poderia eu ser eu mesmo. 
Então eu fugi, 
correndo para longe e não isto é verdade! 
mas com a alma ferida 
Eu queria para sempre ficar mas tive medo ... 
minha alma esta uma ferida aberta - 
ela estava em carne viva e dolorida, 
espinho teimoso 
e dor profundamente enraizada ... 
vivo loucamente um tempo miserável, 
você roubou de mim minha paz e na verades isto não volta 
Não tente voltar 
Porque eu irei dizer Sim. "

4059776_serdechki (40x32, 2Kb)

domingo, 12 de julho de 2015

Um amor de jeito




Um amor de jeito


 Saudade eterna revela nosso amor 

Restos sentimentos de finais desalinhos

 De questões que desfez em tais conflitos 

Algo indefinível e sem razão restou 


 Teus olhos feito em riso a porta aberta 

Abraços beijos escondidos num alerta

 Mãos dadas no caminho dos momentos

E cartas de amor de estremo sentimento


 Nossos mágicos momentos na memoria 

de um tempo que se fez na nossa historia 

Que o destino esqueceu deixou de lado 


 Amando um doido amor despreparados 

Arrastados a insana paixão e encurralados

 Covardes deixamos no deserto do passado 


 Alma Gort 

4360286_0_866eb_bb48d69b_M (300x250, 117Kb)4360286_0_866eb_bb48d69b_M_1_ (300x250, 117Kb)4360286_0_866eb_bb48d69b_M_2_ (300x250, 117Kb)

4360286_RramoCkiPotPELEiEtEizEiEjEa_3_ (127x26, 1Kb)

Forum poesias